fbpx

Saiba como a tendência surgiu e insira as pulseiras de berloque nos looks do dia a dia.

Pulseiras de berloque: como ter uma peça que te representa – Não é de hoje que as pulseiras de berloque fazem sucesso entre as consumidoras de acessórios. É provável que você não saiba, mas elas nasceram há milhares de anos, lá no Egito, quando passaram a ser utilizadas como amuletos contra os espíritos ruins. A crença era de que essas pulseiras poderiam servir de identificação após a morte, visto que mostravam os status que os egípcios tinham enquanto vivos.

Com o passar dos anos, a moda ressurgiu na Europa como parte do acervo da nobreza. Hoje elas carregam consigo a simbologia de trazer boa sorte, esperança, fortuna, paixões e conquistas e pode (e deve!) ser usada por qualquer pessoa.

Geralmente lisas, as pulseiras são confeccionadas em prata fina e seus pingentes, conhecidos como berloques ou charms), são escolhidos de acordo com o gosto de cada um. Há quem use para representar o amor pela família, pelo namorado, por viagens, por passos importantes da vida profissional, enfim, a ideia é que se possa contar um pouquinho da nossa história através dos símbolos.

Use a abuse da pulseira de berloques!

O mais bacana dessa tendência, que deve seguir em alta por muito tempo ainda, é brincar com a quantidade de charms. Além disso, esse tipo de pulseira é um prato cheio para quem ama o pulseirismo, por isso é comum ver gente usando mais que uma no mesmo braço.

Se você for mais discreta, opte pelas confecções mais minimalistas, de cor única. Se sua pegada é cor, então pode brincar sem medo e montar suas pulseiras com berloques variados. De qualquer maneira, saiba que as combinações ficam o puro charme.

Quer ficar por dentro de todas as tendências em semijoias? Então acesse o site da NUBRA (http://theofficenubra.com.br/) e confira nosso Blog. Se você for uma revendedora, não deixe de conferir nossa lista de parceiros e atualizar seu catálogo de acessórios. Siga a gente nas redes sociais (Instagram e Facebook) e saiba mais!